Não dá para ficar bem o tempo todo

Acredito que todo mundo pelo menos uma vez na vida já acumulou inúmeras tarefas a ponto de literalmente não saber por onde começar. Eu estou nessa agora. O pior de tudo é que não entendo como consegui chegar a esse ponto. Parece que não foram as minhas atitudes que me trouxeram até aqui. Tenho a sensação de ter caído de paraquedas na vida bagunçada de outra pessoa.

Como posso ter absoluta certeza de algo em certo momento e querer jogar tudo para o ar de repente? Como posso querer tanta coisa e não conseguir dar atenção a nada? É uma mistura de medo, indecisão, frustração e procrastinação. Muita, mas muita procrastinação. Logo eu, a garota viciada no tema produtividade e organização. Eu tenho a total ciência de que o que as pessoas veem em mim não é a realidade do que se passa aqui dentro. Fala sério, que farsa.

Eu queria que esse blog espelhasse ao máximo a realidade. E a realidade está longe de ser a que eu desejei para mim aos 23 anos de idade. Ah, eu sou muito nova? Sim eu realmente sou. Mas eu conheci a garota cheia de sonhos certos de uns anos atrás e é perturbador olhar no espelho e não a enxergar mais. É muito difícil dormir e acordar pensando nas milhares de ações que preciso tomar e ainda assim não encontrar uma forma de parar essa bola de neve.

Parece falta de gratidão da minha parte, mas quando recebo elogios sinceros sobre o que sou ou sobre o que faço, o meu “obrigada” nem sempre é totalmente real. Isso acontece talvez pelo fato de eu saber que não estou dando o meu melhor. Porém, sigo plena e mantenho a pose.

Quando levo em consideração tudo o que tenho e tudo o que já conquistei, qualquer indício de insatisfação da minha parte se torna apenas uma reclamação sem fundamento. Por isso é tão complicado… Não é fácil me permitir ficar mal quando tenho tanto a agradecer. E não estou sendo dura demais comigo mesma ao dizer isso, na verdade eu sou adepta da ideia de que não dá para ficar bem o tempo todo. E é isso que me ajuda a continuar.

Eu sei que a responsabilidade é minha. A vida é minha e ela está do jeito que está por minha causa. E eu vou continuar até sentir orgulho ao dizer isso. Eu só preciso colocar as coisas no lugar. De dentro para fora. Quero deixar registrado aqui essa fase confusa para um dia poder ler novamente e pensar: cara, realmente só depende de mim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s