Tô cansada

Sinto como se eu estivesse em um trânsito interminável. Não sei o que está me bloqueando e não sei como fui parar aqui. Mesmo eu estando cansada de assistir o sucesso das outras pessoas, não consigo me mover em direção ao meu. E enquanto escrevo isso, já me vieram à mente algumas possíveis desculpas esfarrapadas.

Não deveria ser tão impraticável. Eu tenho tudo o que preciso. Conheço pessoas que conseguiram com tão menos. É perturbador.

Daí passou pela minha mente que esse lance de ter um blog não é pra mim porque comecei a notar que as pessoas que deram certo nisso têm realmente prazer em escrever e criar conteúdos. Enquanto isso eu me pego várias vezes tentando tirar forças de algum lugar para escrever alguns parágrafos.

Acontece que sempre existiu essa parte em mim que ama escrever, no entanto, sinto que, com o passar dos anos, essa parte foi encolhendo e encolhendo. Nunca deixou de existir; ou resistir. Mas hoje o peso da minha rotina e as obrigações da vida adulta sempre recaem em todas as minhas ideias e planos. E hoje essa parte de mim está tão reduzida que me faz duvidar de coisas que um dia foram indiscutíveis.

A Luiza de 17 anos que sabe de cor todas as músicas da Taylor Swift se mistura à Luiza de 23 que hoje pensa em casar. E ela está cansada.

Eu tô cansada. Não sei mais o que escrever. Tô cansada e envergonhada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s