Noite Literomusical

Ontem fui a um evento bastante atípico para mim. Um evento evolvendo arte. Na verdade, era a arte em si. Foi uma Noite Literomusical. Foi uma das apresentações da Semana da Arte de 2019. Chique, né? E realmente é.

Tive muitos motivos para mudar de ideia e deixar pra lá. O meu namorado disse que não ia mais, estava na cara que ia chover, o evento ia terminar tarde, eu teria que voltar para casa sozinha e bem, eu teria que ir sozinha. Não sei ao certo de onde veio toda essa vontade. Eu simplesmente fui. E não me arrependo.

Foi estranhamente relaxante ouvir o músico e o poeta compartilhar com o público algumas de suas obras. Fechar os olhos e ouvir a melodia do violão e a voz firme, porém suave do poeta foi um dos melhores prazeres que já senti. Quase me senti pertencente àquele grupo de pessoas que apreciam a arte há muito mais tempo.

Em um certo momento me veio à mente imagens daqueles dois artistas. Estudando, escrevendo, ensaiando, praticando… Imaginei – e concluí na mesma hora – que foram incontáveis tentativas e erros. Milhares de horas dedicadas a fim de chegar onde estão agora. Um compositor e violonista que já levou a música brasileira a vários países e um poeta que combina as palavras de um modo tão maravilhoso a ponto de nos fazer transbordar em lágrimas.

Não sou uma pessoa de muita cultura, mas acredito na ideia de que esse tipo de experiência nos engradece de uma forma que a ciência não explica. Nos preenche de uma melancolia cheia de luz. Não há explicação. Realmente não há.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s